Recomendações

(33)
Lucia Rocha, Advogado
Lucia Rocha
Comentário · há 4 meses
Prezado Colega,
Dr. Juan Henrique,
Primeiramente, parabéns pelo artigo, claro e elucidativo,
Acredito que, apesar das próximas etapas serem difíceis e incertas, será um bom acordo para o Brasil, em especial, em seu atual momento econômico, pois abrirá uma porta maior para colocarmos nossos produtos primárias, destacadamente, frutas e grãos, assim como carros menos luxuosos, hoje, aqui já montados, mas que poderão vir a ter seu mercado ampliado e, consequentemente, podendo criar mais empregos, assim como mais tecnologia para careos elétricos, e afins.
O outro lado positivo desse acordo de livre comércio é a necessidade de nosso mercado ter que se preparar para enfrentar a concorrência, dentro da própria América Latina e até com paises europeus, obrigando os paises. latinos, e o Brasil já tem um certo destaque a se aperfeiçoar.
As exigências europeias são condições que obrigarão o governo a rever sua política de meio ambientre, com ênfase para sua visão sobre a Amazônia e sua política no agronegócio.
Não me parecem injustas as exigências , pois, num mundo globalizado, não mais se pode gritar, a.Amazónia é nossa, a Europa acabou com suas florestas, não podem vir a nos exigiqqqr a manter as.nossas.
A Amazônia,.como exemplo, tem grande parte de sua área em território nacional, mas sua importância mundial na questao climática.
O.Brasil poderá, por.exemplo, criar espaço para bons acordos para o uso consciente e não destrutivel dos biomas amazônicos, da mata Atlântica, da cultura de peixes e crustáceos, em nosso vasto oceano.
Por outro lado, obterá mais força para enfrentar as empresas estrangeiras, aqui estabelecidas, por exemplo, na área de exploração mineral, onde sabemos algumas empresas "não são tão responsáveis" como o seriam em seus.próprios países
Vejo com otimismo a assinatura do Acordo, que poderá vir a nos proporcionar um grande salto qualitativol nas nossas práticas comercias, que, logicamente, deverão se refletir em outras áreas, como educação e saúde, hoje em forte crise.
A médio prazo, também, na segurança, pois com mais recursos econômicos poderemos melhor aplicá-los na area, assim como assinarmos acordos entre paises contra o tráfico de drogas.
À mim parece que esse acordo veio em boa hora para a economia brasileira e sul-americana, em geral.
Agora, restá- nos fazer o nosso homework, pois não há.sucesso sem um trabalho consciente e de qualidade das partes contratantes.
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Curitiba (PR)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Julian Henrique Dias Rodrigues

Rua Inácio Lustosa, 647 - Curitiba (PR) - 80510-000

Estrada da Luz, n.º 90, 4.º E, Lisboa - Portugal - São Paulo (SP) - 17000-000

Entrar em contato